5 etapas básicas para integrar novos funcionários

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no skype
Skype
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no email
Email

A integração de novos colaboradores, também chamada de onboarding, é um conjunto de processos e ações utilizados para acolher os colaboradores recém-admitidos e integrá-los ao quadro de colaboradores da empresa. Essa estratégia é essencial por diversos motivos, como reduzir o índice de rotatividade, aumentar a produtividade da equipe e até ajudar a melhorar os resultados e a competitividade da empresa no mercado. Portanto, preparamos este conteúdo para que você possa verificar os 5 passos básicos para integração de novos funcionários.

1. Desenvolva uma política de boas-vindas

O primeiro passo para que a integração de novos colaboradores seja bem-sucedida é fornecer  todas as informações que eles precisam saber sobre a empresa no início da jornada. O departamento de recursos humanos deve preparar um folheto ou guia padronizado, que contenha as informações mais básicas, desde o core business da organização até as medidas necessárias para os cenários mais complexos inerentes ao trabalho diário. O documento deve incluir uma mensagem de boas-vindas para que os novos membros sejam bem recebidos e estabeleçam um vínculo que pertença ao grupo. Além disso, o objetivo do manual deve ser resumido, ou seja, as informações em si devem ser claras, mas o assunto do material deve ser claro para evitar mal-entendidos.

2. Crie documentos informativos e guias com as rotinas da empresa

Começar a trabalhar em uma nova empresa é como ir para uma nova escola quando éramos jovens. Em primeiro lugar, existem muitos novos recursos que podem ser usados ​​imediatamente, como o nome de cada colega de equipe, modo de execução da tarefa, tempo de descanso e muitas outras questões. Por isso, é imperativo que se tenha paciência e tolerância com os funcionários durante o processo de integração de novos colaboradores. Nesse caso, uma boa forma de simplificar e agilizar o processo de integração é fornecer aos profissionais materiais informativos para ajudá-los a se adaptarem ao novo ambiente de trabalho. Além de outras informações importantes, esses documentos também devem incluir perguntas e formulários, tais como:

  • Contrato de emprego;
  • Manual do funcionário;
  • Acordos de confidencialidade;
  • Formulário de contato de emergência;
  • Formulário de benefícios;
  • Agenda para o primeiro dia do novo contratado e como ele deve agir na primeira semana;
  • Reconhecimento das políticas da organização;
  • Mapa do escritório;
  • Organograma;
  • Mapa dos pontos de acesso locais — restaurantes, cafeterias, pontos de transporte público etc;
  • Dados de contato pessoal — e-mail, telefone, nome de usuário no app de mensagens da empresa.

3. Aposte em treinamentos

O mercado moderno está mais competitivo do que nunca, devido a uma variedade de fatores, principalmente devido ao desenvolvimento da transformação digital que a sociedade está passando nas últimas décadas. Portanto, à medida que o comportamento do consumidor segue novos padrões, novas demandas surgiram. Ou seja, o ponto mais importante na integração de novos colaboradores é garantir que cada membro da equipe profissional da empresa esteja devidamente treinado e pronto para enfrentar os mesmos complexos desafios dos atuais. Apostar na capacitação da empresa não deve ser vista como um gasto desnecessário, mas sim como um investimento no futuro do negócio. Afinal, sua empresa deve ser capaz de competir no mercado da era da informação digital e não deve poupar esforços para atingir esse objetivo de torná-lo realidade.

4. Faça a apresentação da empresa e dos serviços oferecidos por ela

O Departamento de Recursos Humanos assume muitas responsabilidades importantes que afetam diretamente o desempenho dos negócios. Portanto, é muito importante para o RH saber expressar a missão e os valores da empresa, de forma a simplificar ao máximo o entendimento dos novos integrantes. A dica aqui é criar um portfólio ou apresentação que contenha uma descrição curta, mas completa, da empresa. Dessa forma, os funcionários recém-admitidos terão expectativas consistentes com os objetivos do negócio, essenciais para o crescimento de ambas as partes. Lembre-se, o RH também pode pedir ao departamento de vendas que explique ao mercado o funcionamento das soluções que a empresa oferece, portanto, não há dúvida de que está aberto.

5. Tenha um descritivo das funções do novo funcionário

Por último, mas não menos importante, desenvolva um documento que informe os novos membros da equipe sobre seu papel na organização de forma simples, persuasiva e intuitiva. O kit de ferramentas deve conter informações abrangentes sobre as funções do trabalho para que possa ser usado como um documento auxiliar (ou seja, guia básico) para que os novos funcionários não encontrem dificuldades para se adaptar aos novos procedimentos de trabalho, especialmente nos estágios iniciais. Viagem dentro da empresa. Quanto mais transparentes as informações, mais fácil será para os novos funcionários se integrarem, pois eles se sentirão motivados e produtivos. Afinal, o ativo mais importante de uma empresa de investimentos é uma das melhores formas de se obter um bom retorno no curto e médio prazo.

Como você pode ver neste conteúdo, existem muitas práticas para integrar efetivamente novos funcionários. No entanto, o mais importante é garantir que os membros que passaram a integrar a equipe recentemente sintam que pertencem à equipe e que o seu trabalho tem relevância para o clima organizacional como um todo.

Gostou do nosso artigo? Continue acompanhando o Blog da Benefício Certo para mais dicas voltadas a temas como marketing, RH e benefícios.

Lorem ipsum dr?

Vamos tomar um café e conversar mais, que tal?

LEIA TAMbém

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no skype
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email