5 práticas para ter uma boa gestão de RH

Atualmente os gestores têm buscado investir cada vez mais em qualidade de vida dentro das empresas, isso acontece porque eles entendem que o colaborador precisar estar confortável no ambiente de trabalho, uma vez que, eles passam boa parte do dia trabalhando. 

Desta forma, uma gestão de recursos humanos que pensa no bem-estar do funcionário tende a ser mais efetiva e isso interfere diretamente nos resultados que precisam ser gerados, pois o trabalhador se sente mais motivado a dar o seu melhor. 

É importante dizer que essas práticas vão além de uma boa cesta de benefícios. É claro que oferecer, por exemplo, vale-cultura ou vale-alimentação, são importantes, esses tipos de vantagens, inclusive, influenciam na contratação ou permanência de funcionários. 

Mas existem alguns outros procedimentos que podem ser implementados na empresa pelo RH que ajudam a melhorar a produtividade e bem-estar.  

Sendo assim, listamos cinco práticas que podem ser adotadas dentro da empresa, para tornar a gestão cada vez melhor. 

Para saber quais dicas são essas, continue a leitura!

  • Invista em capacitação e educação continuada 

Todo gestor quer na sua equipe os melhores profissionais, certo? 

Mas para isso acontecer é necessário que o colaborador seja alguém que busque se atualizar na profissão. E muitas empresas proporcionam esse desenvolvimento ao funcionário, oferecendo capacitações, treinamentos, workshops e palestras. 

Algumas corporações, que possuem uma estrutura maior, para incentivar os funcionários até oferecem ajuda de custo para especializações. 

Que tal, então, começar a pensar em como inserir essas iniciativas de educação continuada? 

  • Tenha planos de carreiras 

Outro ponto importante e que sempre deixa o funcionário animado é a possibilidade de ter um crescimento na empresa. Afinal, as pessoas querem também um espaço onde elas podem desenvolver projetos e, certamente, a própria carreira. 

Além disso, é muito melhor para a empresa, pois é um jeito de alcançar mais resultados e obter mais lucro com bons profissionais do que investir dinheiro em novas contratações ou até mesmo demissões. 

Sem contar que mostra que a empresa não está apenas interessada nos próprios resultados, mas também em desenvolvimento interno. Além de, claro, reconhecer esforços e talentos. 

  • Ofereça jornadas flexíveis 

Essa já é uma realidade no cenário atual do mercado de trabalho. As jornadas flexíveis fazem parte da rotina de muitos profissionais, inclusive dos que trabalham em startup, no entanto, é algo que tem sido adotado nas corporações mais tradicionais. 

É claro que nem toda empresa consegue, por exemplo, oferecer uma jornada que possibilite um home office ou um horário de trabalho fora do período comercial. Isso depende muito do ramo em que a empresa atua. 

Mas se existe essa possibilidade, por que não oferecer aos colaboradores? 

  • Possibilite uma gestão participativa 

Isso também é algo mais comum em startups, contudo, também tem sido uma realidade para as outras. 

Uma gestão participativa possibilita que gestores e colaboradores compartilhem suas opiniões com o intuito de buscar desenvolvimento do negócio, dessa forma, nada fica centrado em apenas uma pessoa, porque leva em consideração a participação de todos. 

Isso pode ser algo enriquecedor, desde que seja organizado, pois, certamente, os colaboradores podem agregar com novas ideias e sugestões. 

  • Pense na saúde dos seus colaboradores 

Esse ficou por último, mas não significa que seja menos importante. Muito pelo contrário, este é um tópico muito necessário. 

Aliás, um bom líder coloca sempre em prioridade a saúde dos colaboradores. Então, é importante propiciar um ambiente condizente com o bem-estar físico e emocional. 

Bons planos de saúde, auxílio para academia, quick massage para aliviar as tensões do dia-a-dia, esses são apenas algumas práticas que podem ser utilizadas para tornar a saúde do funcionário um dos focos da empresa. 

São muitas as iniciativas que tornam a gestão do RH eficaz e, principalmente, humana, assim como o próprio nome do departamento diz. 

Que tal começar a pensar em como colocar esses recursos em prática na sua empresa? 

Gostou do nosso conteúdo? Fique atento ao blog da Benefício Certo para ler mais dicas sobre gestão de RH! 

Compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *