A importância de novas experiências para o cérebro

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no skype
Skype
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no email
Email

Quando falamos dos nossos músculos, sabemos que a repetição é importante para que eles se desenvolvam. Isso pode ser facilmente replicado em outras áreas de nossas vidas, como nossas tarefas diárias, Tentamos realizar a mesma tarefa repetidamente para economizar tempo e sermos capazes de realizar certas coisas “automaticamente”. Entretanto, ao contrário do que se imagina, isso é prejudicial para o nosso cérebro. 

Para que o corpo funcione corretamente, precisamos de vários nutrientes diferentes todos os dias. É importante que tenhamos uma alimentação equilibrada e uma ingestão adequada de águas e de várias vitaminas, minerais e proteínas necessários para o funcionamento perfeito do nosso organismo. É por isso que o mesmo raciocínio repetitivo que temos sobre o bíceps e outros músculos não podem ser aplicados ao nosso cérebro: a diversidade é o que garante o desenvolvimento e o pleno funcionamento da nossa mente.

E o que isso tem a ver com o nosso dia a dia? Bom, muitas vezes imaginamos que, se repetirmos o padrão e fizermos a mesma coisa várias vezes, a produtividade aumentará. Mas isso não é 100% correto. Embora a repetição em uma tarefa aumente a flexibilidade, seu cérebro se perderá na história e, quando você começar a realizar uma atividade com facilidade, encontrará mais dificuldades em outras áreas. 

Para evitar esse hábito natural de executar tarefas repetidamente, há um lembrete simples: por exemplo, se você está escrevendo, tente estimular seu cérebro de outra forma, como assistir filmes, aprender instrumentos musicais, ouvir música, e fazendo alguma atividade incomum. Isso estimula seu cérebro a trabalhar em um ambiente diferente, permitindo que você faça novas conexões de forma mais rápida e fácil. 

Com novos recursos, você pode fazer seu cérebro se desenvolver e estabelecer novas conexões em sua mente. Não é à toa que alguém relata que tem ideias muito boas e se engaja em atividades que não estão relacionadas ao problema. Em outras palavras, para atualizar seus pensamentos e poder gerar mais ideias, experimente mudar de atividades e estimular seu cérebro com novas referências. Uma das maneiras mais simples de ter novas ideias é parar o que você está fazendo e mudar de atividade. Tem uma reunião de brainstorm daqui meia hora? Saia da frente do computador e leia uma revista ou coma um lanchinho. “Limpe” o seu cérebro e facilite o trabalho dele! Aos poucos, você irá sentir a diferença no seu dia a dia.

Gostou do nosso artigo? Continue acompanhando nosso blog para ler mais sobre assuntos relacionados ao mercado de trabalho, RH, e muito mais!

Lorem ipsum dr?

Vamos tomar um café e conversar mais, que tal?

LEIA TAMbém

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no skype
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email