A importância de ter educação financeira nas empresas

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no skype
Skype
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no email
Email

Quando um funcionário está passando por problemas financeiros, é muito comum que seu rendimento no trabalho seja prejudicado, podendo levar a problemas tanto físicos quanto emocionais, elevando os afastamentos e diminuindo a produtividade, e nisso, uma boa educação financeira pode ajudar.

Isso porque a falta dessa educação é um fator determinante no desenvolvimento pessoal e profissional de qualquer pessoa.

Funcionários com uma boa educação financeira podem ter um equilíbrio maior em suas vidas, o que representa um ganho de desempenho e de produtividade no trabalho, em virtude disso, uma empresa que investe nisso, tem muito a ganhar.

Nas instituições de ensino, já existe uma forte tendência à adesão de orientações de educação financeira para os alunos e as empresas também passaram a adotar essa tendência, tendo se tornado, atualmente, essencial que as mesmas tenham alguma noção de como é a vida financeira de seus colaboradores.

Grande parte dos treinamentos no qual as organizações costumam investir tem foco em conhecimentos técnicos voltados para a área de atuação específica da empresa.

A missão de promover educação financeira para a conscientização dos funcionários é algo relativamente novo. Para que um programa como esse seja aplicado em uma empresa, é necessário, em primeiro lugar, identificar qual é a situação financeira atual dos funcionários.

Depois, é necessário que a empresa sensibilize na busca do objetivo da promoção de melhores hábitos em relação ao dinheiro, oferecendo palestras de especialistas no tema e despertando o interesse dos funcionários para o assunto.

O último degrau é desenvolver cursos que possam direcionar os colaboradores para ter melhores atitudes em relação às finanças a partir da realidade financeira de cada um deles. Algumas organizações também estão investindo em postos de atendimento com orientações de educação financeira de plantão, promovendo um suporte diário para os seus funcionários.

Quais os benefícios da educação financeira?

Como já falamos anteriormente, problemas financeiros e outras dificuldades na vida pessoal podem impactar o desempenho do colaborador no trabalho. Além da desatenção e diminuição da produtividade, o endividamento pode causar distúrbios físicos e psicológicos

Esses problemas podem resultar no aumento do absenteísmo e até no descontentamento com as condições (como o salário) oferecidas pela companhia. Desta maneira, os benefícios de optar por educação financeira nas empresas vão além de ajudar o colaborador no viés pessoal.

Um dos benefícios para o colaborador é a gestão do seu tempo e dinheiro, pois pagar cursos e utilizar seu tempo livre para este tema nem sempre é atrativo. Porém, poder utilizar sua jornada de trabalho para aprender sobre o assunto pode ajudá-lo a ter liberdade financeira.

Esse investimento em educação financeira nas empresas então ainda recai como fortalecimento de marca, já que os colaboradores enxergam uma preocupação da companhia no seu bem-estar pessoal.

Outro ponto positivo também é que muitas vezes o funcionário acaba forçando uma demissão para utilizar o dinheiro envolvido na rescisão para pagar dívidas. Desta maneira, é possível ainda que a empresa apresente menores índices de turnover.

Com todas essas vantagens, fica evidente a importância da educação financeira nas empresas e os benefícios que pode trazer para a mesma.

Celso Campello Neto

Professor universitário e CEO da
Benefício Certo

Lorem ipsum dr?

Vamos tomar um café e conversar mais, que tal?

LEIA TAMbém

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no skype
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email