Conheça os maiores desafios na gestão do Vale-Combustível e como superá-los

WhatsApp
LinkedIn
Facebook
Skype
Twitter
Email

Num contexto em que as cidades enfrentam um aumento constante na densidade populacional, o deslocamento até o local de trabalho emerge como um dos desafios mais significativos na vida dos profissionais. Para facilitar o acesso de maneira prática e equitativa, as empresas têm a obrigação de fornecer o Vale-Transporte, um benefício essencial destinado a cobrir os custos dos colaboradores com transporte público.

No entanto, surge a questão quando a organização conta com um grande número de profissionais que utilizam veículos particulares para chegar ao trabalho. Nesse cenário, pode-se oferecer Vale-Combustível. Porém, a gestão pode ser mais desafiadora, por isso, preparamos o artigo de hoje para te ajudar. Confira!

Como funciona o Vale-Combustível?

Ele consiste em um subsídio de transporte destinado aos colaboradores que utilizam veículos particulares para se deslocarem até o trabalho. Este benefício é oferecido por meio de um cartão com um saldo pré-carregado, destinado exclusivamente para o pagamento em postos credenciados.

As diretrizes para a concessão podem variar conforme as políticas internas da empresa e as leis trabalhistas vigentes no país. No Brasil, ao contrário do Vale-Transporte, a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) não impõe a obrigatoriedade da oferta, tornando sua disponibilização uma decisão atrelada à política interna da organização.

Quando é decidido adotar esse benefício, cabe ao empregador gerenciar o uso do saldo, sem que haja qualquer desconto direto do salário do funcionário.

Principais desafios na gestão do Vale-Combustível

A seguir, confira alguns desafios administrativos para quem opta pelo vale.

Políticas internas e conformidade legal: Elaborar políticas internas claras para a concessão e utilização, além de assegurar a conformidade com as leis trabalhistas e regulamentações específicas do país.

Controle de gastos: Implementar medidas eficazes para supervisionar e gerenciar os gastos associados, prevenindo abusos e garantindo uma utilização apropriada.

Adaptação a mudanças: Lidar com alterações nas leis trabalhistas ou regulamentações que possam impactar a oferta ou as condições de uso, mantendo-se atualizado e ajustando práticas conforme necessário.

Tecnologia e controle administrativo: Implementar sistemas eficientes para o controle administrativo, incluindo gerenciamento de saldos, rastreamento de transações e relatórios para uma gestão mais eficaz.

Avaliação de custos e vantagens: Analisar continuamente os custos associados ao vale em comparação com os benefícios percebidos pelos colaboradores, garantindo que o programa continue sendo uma opção viável para ambas as partes.

Como superar os desafios da administração? 

Para superar os desafios na gestão do Vale-Combustível, é crucial adotar uma abordagem estratégica e proativa. Comece estabelecendo políticas internas claras, garantindo conformidade com as leis trabalhistas e regulamentações locais.

Em seguida, para controlar gastos, estabeleça limites claros e implemente ferramentas eficazes de monitoramento. Além disso, esteja sempre atento às mudanças nas leis e regulamentações, adaptando suas práticas conforme necessário. A implementação de sistemas tecnológicos eficientes para administrar é essencial, facilitando o controle de saldos, rastreamento de transações e relatórios.

Ao adotar essas medidas, as empresas podem criar e manter um programa de benefício eficiente e vantajoso para seus colaboradores.

Como implementar o Vale-Combustível com a Benefício Certo?

A Benefício Certo apresenta uma solução completa para atender a todos os funcionários. Para aqueles que preferem utilizar seus veículos particulares, oferecemos a alternativa do cartão pré-pago, destinado ao abastecimento tanto de veículos pessoais quanto da frota corporativa. Esse cartão é recarregado mensalmente, proporcionando praticidade e controle.

Além disso, a Benefício Certo oferece a facilidade de monitorar o uso do vale, permitindo um gerenciamento mais eficiente. Profissionais que necessitam de deslocamentos frequentes devido ao trabalho podem utilizar o vale, garantindo maior controle sobre os gastos. Com a utilização do cartão pré-pago, a empresa elimina a necessidade de lidar com reembolsos ou a verificação de notas fiscais de abastecimento, simplificando significativamente o processo.

Quer saber mais sobre essa solução? Entre em contato.

Lorem ipsum dr?

Vamos tomar um café e conversar mais, que tal?

LEIA TAMbém