Descubra como a tecnologia pode ser uma grande aliada do Vale-Transporte

WhatsApp
LinkedIn
Facebook
Skype
Twitter
Email

Considerado um direito do trabalhador, o Vale-Transporte assegura o deslocamento do colaborador de sua residência até o local de trabalho. Além disso, as vantagens proporcionadas são diversas, destacando-se a praticidade de uso. O processo é descomplicado, ágil e a empresa tem a garantia de que é empregado exclusivamente para fins de transporte.

Apesar de fácil de utilizar, muitas organizações encontram dificuldade na gestão. Com planilhas e cálculos manuais, gastam horas na tarefa e estão mais suscetíveis a erros humanos. Com a crescente implementação da tecnologia em diferentes áreas, não seria diferente com a gestão de benefícios.

Por isso, no artigo de hoje, vamos falar sobre como as soluções tecnológicas ajudam a controlar o Vale-Transporte. Confira!

Como a tecnologia ajuda na gestão do benefício 

A implementação da tecnologia na gestão desempenha um papel fundamental na resolução de possíveis dificuldades e erros, proporcionando diferentes aspectos positivos. Aqui estão algumas maneiras pelas quais a tecnologia atua para superar esses desafios:

1. Automatização de processos: Sistemas automatizados eliminam a necessidade de processos manuais, reduzindo assim a probabilidade de erros e garantindo eficiência nas tarefas.

2. Integração com sistemas de Recursos Humanos (RH): A integração com sistemas permite uma comunicação eficaz, garantindo que as informações relevantes sobre os beneficiários e as políticas da empresa sejam atualizadas em tempo real.

3. Controle individualizado: Aplicativos dedicados permitem que cada funcionário acompanhe de perto o saldo, histórico de utilizações e recargas, promovendo transparência e autonomia.

4. Notificações e alertas automáticos: Notificações automáticas alertam tanto os colaboradores quanto os gestores sobre a necessidade de recargas, evitando surpresas desagradáveis e garantindo a continuidade do benefício.

5. Segurança e controle antifraude: Auxilia a evitar o uso indevido do benefício, ajudando a prevenir fraudes e assegurando que seja utilizado conforme as políticas estabelecidas.

Vantagens em contar com ferramentas automatizadas

A adoção da tecnologia oferece diferentes ganhos tanto para os colaboradores quanto para as empresas. A seguir, confira alguns deles que separamos: 

Para os colaboradores

A principal vantagem é a facilidade de acesso e uso. Aplicativos e plataformas online facilitam a solicitação, recarga e utilização do vale, proporcionando uma experiência mais conveniente para os funcionários. Além disso, eles podem monitorar o saldo disponível, evitando surpresas desagradáveis e promovendo maior transparência na gestão.

Para as empresas

Merece destaque a redução dos custos administrativos para as organizações. Sistemas automatizados reduzem a carga de trabalho administrativo, minimizando custos e otimizando processos. Além disso, a automação agiliza a distribuição, tornando o processo mais eficiente, enquanto sistemas informatizados facilitam a geração de relatórios precisos e detalhados.

Conheça as soluções da Benefício Certo

A tecnologia na gestão do Vale-Transporte cria um ambiente mais eficiente, transparente e seguro para profissionais e empresas, proporcionando uma experiência aprimorada na administração desse benefício essencial. Foi pensando nisso que a Benefício Certo desenvolveu duas ferramentas para facilitar a rotina do RH. 

A primeira é o Pedido Certo. O sistema orienta a comprar a quantidade exata de créditos que seu colaborador precisa, sem desperdícios ou acúmulos. Já a segunda é a Rota Certa, uma ferramenta inteligente que processa os dados de endereço dos funcionários e da empresa, faz o cruzamento com as informações das linhas de transportes disponíveis e resulta em uma rota otimizada que reduz os custos para a organização e o tempo de deslocamento para o profissional.

Quer contar com uma solução eficaz para fazer o controle do Vale-Transporte? Entre em contato conosco. 

Lorem ipsum dr?

Vamos tomar um café e conversar mais, que tal?

LEIA TAMbém