Vale-Alimentação ou Vale-Refeição: o que a sua empresa precisa saber ao contratar

WhatsApp
LinkedIn
Facebook
Skype
Twitter
Email

O ticket alimentação representa uma forma de fornecer benefícios alimentares aos trabalhadores. Sua principal vantagem reside na liberdade de escolha, permitindo que cada indivíduo adquira produtos de acordo com seus hábitos e preferências de local.

Outro aspecto significativo é a contribuição para a qualidade de vida. Isso porque as necessidades alimentares dos profissionais variam conforme a idade e condições de saúde. Além disso, as empresas que adotam esse benefício desfrutam de atração e retenção de talentos, economia e segurança. 

Ademais, o desconto fiscal concedido pelo Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT) permite uma dedução de até 4% do imposto de renda. Quer saber mais sobre o assunto? Continue a leitura!

Vale-Alimentação ou Vale-refeição?

O Vale-Alimentação, por ser mais abrangente e flexível, tende a ser utilizado para compras mensais, proporcionando uma cobertura ampla. Em contraste, o Vale-Refeição visa auxiliar o colaborador nos custos alimentares durante a jornada de trabalho.

Enquanto o primeiro beneficia todo o núcleo familiar, o segundo facilita que o funcionário faça suas refeições nas proximidades da empresa. Uma abordagem viável é conceder metade do benefício em cada modalidade.

Diante dessas distinções, torna-se evidente que eles se complementam para fornecer dignidade e respeito pela saúde. Ao cuidar adequadamente de suas necessidades alimentares, esses profissionais tornam-se mais produtivos e satisfeitos em seu ambiente de trabalho.

Como selecionar o modelo ideal?

Uma questão recorrente entre os gestores é qual critério utilizar na personalização do melhor ticket alimentação. A seguir, destacamos os principais fatores a serem considerados nessa decisão.

Estabeleça um valor adequado

O primeiro passo consiste em compreender qual é o valor ideal. Nesse cálculo, deve-se analisar:

  • O piso estabelecido em acordos ou convenções coletivas para o valor;
  • O orçamento;
  • A média do custo regional da alimentação;
  • As taxas cobradas pelas operadoras;
  • As necessidades alimentares dos colaboradores.

Realize uma pesquisa entre os colaboradores

A abordagem mais eficaz para descobrir as expectativas dos profissionais internos em relação ao benefício é conduzir uma pesquisa. Entre as perguntas, pode-se indagar sobre:

  • O tipo de alimentação desejada;
  • O valor considerado ideal;
  • As necessidades alimentares pessoais e familiares.

Avalie a administradora

Dependendo da operadora escolhida, pode haver variações nos serviços oferecidos. Assim, com base em pesquisas, deve-se considerar:

  • A rede de cobertura, abrangendo estabelecimentos e regiões que aceitam o cartão da operadora;
  • As taxas cobradas, optando pela que proporciona o melhor custo-benefício.

Principais vantagens em oferecer o benefício

Oferecer o ticket alimentação pode trazer diversas vantagens. Alguns dos principais incluem:

Atração e retenção de talentos: pode tornar a organização mais atraente para profissionais qualificados, ajudando na retenção de talentos e na construção de uma equipe engajada.

Melhoria da qualidade de vida: permite que os funcionários escolham seus alimentos de acordo com suas preferências e necessidades, promovendo uma alimentação mais saudável e contribuindo para o bem-estar geral.

Incentivo Fiscal: pode incluir deduções no imposto de renda, como é o caso do PAT.

Aumento da produtividade: colaboradores bem alimentados tendem a ter mais energia e concentração, o que pode resultar em um aumento da produtividade no ambiente de trabalho.

Flexibilidade: oferece a liberdade de escolher onde e o que comprar, adaptando-se às preferências individuais e garantindo uma maior satisfação.

Fortalecimento da imagem: oferecer benefícios que contribuem para o equilíbrio entre vida profissional e pessoal pode melhorar a imagem da organização.

Assim, não é só vantajoso para os colaboradores, mas também uma estratégia que pode trazer ganhos para as empresas, impactando positivamente a cultura organizacional, o desempenho dos funcionários e a imagem corporativa.

Como escolher a melhor opção de administradora?

Os benefícios oferecidos pelos cartões de refeição e alimentação são vastos, proporcionando vantagens para ambos os lados. Os fatores cruciais a serem considerados são os custos associados e a abrangência da rede de estabelecimentos conveniados em sua localidade.

A Benefício Certo, por exemplo, oferece cartões aceitos em todo território nacional, com ampla rede credenciada. Para garantir essa abrangência, bem-estar aos colaboradores e liberdade de escolha, opera com os melhores emissores do setor para manter qualidade e eficiência nos serviços prestados. 

Ao escolher a Benefício Certo, você pode contar com segurança, atendimento personalizado e facilidade na gestão. Tem interesse em saber mais? Fale conosco!

Lorem ipsum dr?

Vamos tomar um café e conversar mais, que tal?

LEIA TAMbém