Gestão de pessoas em casa: como organizar as equipes no home office?

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no skype
Skype
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no email
Email

Embora o home office seja uma tendência no mercado, muitas empresas foram pegas de surpresa ao ter que adotar a modalidade nos últimos meses por causa do avanço do coronavírus no Brasil.

Quando se trata de gerenciamento de equipes, tudo parece muito desafiador, é algo que requer muita dedicação, flexibilidade e força de vontade de todos os envolvidos. De fato, a adaptação não é fácil, mas não é impossível.

Por isso listamos algumas práticas importante para conseguir organizar e gerenciar as equipes no trabalho remoto. Continue lendo o artigo para saber mais! 

1. Estabeleça normas e diretrizes

O primeiro passo para conseguir fazer uma boa gestão a distância é determinar algumas normas e respeitá-las, evidentemente. É necessário que o horário de trabalho seja cumprido de forma adequada, nada de achar que o colaborador está 24h disponível para a empresa. Horários de almoço também precisam ser respeitados e é necessário incentivar a equipe a fazê-los normalmente. 

É importante criar uma nova rotina, pois é muito difícil conseguir separar a vida pessoal das atividades do trabalho quando se faz o home office. Se for necessário, faça um cronograma com a equipe para entender quais pontos podem melhorar e os objetivos a serem cumpridos dentro do horário de trabalho. 

2. Ofereça os recursos necessários

Como muitos profissionais nunca trabalharam de casa, nem todos possuem estrutura para um home office. Ofereça, então, os itens necessários para que o colaborador consiga realizar suas funções. Muitas empresas estão oferecendo ajuda de custo para os trabalhadores, como por exemplo, pagando parte da internet, já que esse é um item extremamente importante e com o trabalho remoto o consumo acaba sendo maior. É necessário que as empresas vejam como podem contribuir nesse aspecto. 

3. Esteja presente na rotina da equipe

Outro ponto muito necessário é que o líder da equipe esteja presente na rotina dos colaboradores. Quando o trabalho é presencial, evidentemente, essa é uma tarefa mais fácil de executar, no entanto, no trabalho a distância, os colaboradores não podem se sentir “abandonados” ou algo do gênero. Estabelecer quais são os principais meios de comunicação é algo essencial.

4. Faça apenas as reuniões necessárias

Por falar em comunicação, encher os colaboradores de reuniões não é uma boa estratégia.  Elas levam tempo e muitas vezes são coisas que podem ser resolvidas numa ligação ou em um e-mail, por exemplo. Faça apenas aquelas que realmente precisam ser feitas e são importantes para o desenvolvimento do trabalho e da equipe.  

5. Continue com os feedbacks

Um bom líder não aparece na hora de cobrar algum trabalho ou entregar mais demandas, é importante manter a política de feedbacks, especialmente em momentos como esses em que o trabalhador pode se sentir um pouco solitário. É necessário continuar acompanhar o trabalho de perto, mesmo que isso seja feito por meio de videoconferências, e-mails, telefonemas etc. Estar presente na rotina do colaborador de alguma forma ajuda a entender como ele está indo com relação ao trabalho, a entender como e quando oferecer apoio, dar um elogio ou fazer uma crítica construtiva. 

Se não existe uma política de feedback já está mais do que na hora de implantar, é uma maneira de manter os colaboradores engajados e ajudá-los no crescimento profissional. 

Agora nos diga como a sua empresa tem feito para organizar a equipe no home office, quais são os principais desafios? 

Lorem ipsum dr?

Vamos tomar um café e conversar mais, que tal?

LEIA TAMbém

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no skype
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email