Networking: 3 bases para ser bem-sucedido

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no skype
Skype
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no email
Email

Você conhece  as 3 bases de networking?

Apesar de networking não ser venda, as estratégias dessa prática são muito importantes  e podem ajudá-lo a desenvolver um negócio bem-sucedido.

1- Relacionamentos

O boca a boca é sobre “marketing de relacionamentos”. E um dos princípios fundamentais dessa prática é o entrosamento com as equipes e as redes a elas relacionadas, com a motivação de conhecer bem seus membros. Uma das coisas mais importantes é o estreitamento de laços pela qualidade: não é suficiente conhecer ou estabelecer contato, mas prezar pelas boas relações. As pessoas fazem negócios com quem conhecem e confiam.

Para que essa modalidade de marketing, você primeiro você precisa estabelecer uma base sólida de pessoas que possivelmente detenham algum capital de influência e possam indica-lo de modo exponencial. Certas Companhias são muito mais sensíveis a captação de referências do que outras. Portanto, encontre motivos e alinhave estratégias para aproximar-se das pessoas e trabalhe muito para que o compreendam o melhor sobre seu trabalho e negócio. Deixe claro que você valoriza seu relacionamento com cada um deles.

2- Confiança

Por volta do primeiro ano em seu grupo de networking, você está investindo seu tempo. Seus parceiros de referência estão testando você, verificando e certificando-se de que você merece os valiosos clientes e contatos lhe serão entregues. A partir de então é preciso fazer valer a confiança depositada em realizar um bom trabalho junto aos profissionais com quem você espera fazer negócios.

Lembre-se de que essa é uma via de mão dupla. Antes de arriscar sua reputação e recomendar os contatos de sua rede a alguém, certifique-se de que a pessoa por você referendada que é confiável!

3- Referências

Depois de cultivar relacionamentos interpessoais e provar que é fidedigno, você obterá referências qualificadas. Para tornar-se uma referência de qualidade, você precisa trilhar essa jornada. Faça uma verificação da realidade para entender o quão eficaz você é na comunicação com seu networking. Você pode se surpreender ao descobrir que raramente menciona outras pessoas, ou acaba sempre recomendando as mesmas duas ou três pessoas.

Ao participar de grupos de networking relacionados a referências, lembre-se de que seus esforços não devem se concentrar em tentar “fechar uma venda”. Busque educar essas pessoas sobre algumas das especialidades de sua empresa e o que faz de você e seu trabalho uma excelente indicação.

Celso Campello Neto

Professor universitário e CEO da
Benefício Certo

Lorem ipsum dr?

Vamos tomar um café e conversar mais, que tal?

LEIA TAMbém

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no skype
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email