O que acontece se a empresa atrasa o vale-transporte?

Essa não é uma situação comum nas empresas, ou pelo menos não deveria ser. No entanto, alguns trabalhadores podem ter problemas com relação ao vale-transporte.

Isso, porque pode acontecer da empresa atrasar o benefício ou em alguns casos mais extremos, deixar de efetuar o pagamento dele.

Veja bem, o contrato entre empresa e colaborador deve ser reciproco. Ou seja, da mesma forma como a empresa não pode deixar de cumprir suas obrigações previstas na CLT, o empregado não pode deixar de prestar o serviço.

Mas como prosseguir em caso do não pagamento do vale-transporte?

Em hipótese alguma a empresa pode deixar de pagar o vale-transporte ao funcionário, se isso acontecer e o funcionário faltar ao trabalho em decorrência disso, ele não pode ter o dia descontado na folha de pagamento e muito menos ser mandado embora.

Como explicamos neste artigo, o empregador deve conceder o vale-transporte de forma antecipada para garantir a ida do colaborador até o local de trabalho.

Dessa forma, não pode haver penalizações para o colaborador. No entanto, para garantir que seus direitos sejam preservados, é recomendado que o funcionário informe a empresa por escrito, sobre a impossibilidade de comparecer ao trabalho por conta da falta do benefício.

Para a empresa

Independente do motivo do atraso, a empresa deve ser transparente com o funcionário e explicar as razões da demora.

Se o empregador conseguir identificar antes do dia da concessão do benefício que irá atrasar, o ideal é que também comunique aos colaboradores com antecedência.

Além disso, deve providenciar urgentemente uma solução para este problema. Contudo, até ter, de fato a resolução, o trabalhador pode alegar não consegue trabalhar até que o vale-transporte seja pago devidamente, sendo assim, a empresa precisa arcar com as consequências.

Gestão do vale-transporte

A gestão dos benefícios é um trabalho essencial no dia-a-dia da empresa e para tornar o trabalho do RH um pouco mais fácil, a empresa pode contratar uma empresa para fazer a gestão de benefícios.

Contar com uma terceirizada que possa fazer esse trabalho é garantir aos colaboradores benefícios pagos nas datas corretas e trazer mais agilidade pra a rotina do departamento de recursos humanos.

E a Benefício Certo pode ajudar nessa tarefa, oferecendo um serviço totalmente personalizado, além de redução de custos e mais facilidade para todos os envolvidos.

Compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *