O segredo da gestão de pessoas

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no skype
Skype
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no email
Email

Fazer uma boa gestão de pessoas é tarefa que exige articular as estratégias certas, adequadas para cada contexto, com a finalidade de gerar motivação, engajamento e resultados.

Desacertos podem ser podem levar à insatisfação no ambiente de trabalho, perda de oportunidades e aumento da taxa de rotatividade. Para boa parte dos gestores, gerir pessoas é um dos maiores desafios encontrados na rotina da empresa. É realmente inegável que administrar números, planilhas e papéis é completamente diferente de gerir humores, expectativas e (des)motivações.

As pessoas veem seu nome no crachá, ou em sua mesa, e esperam que você faça o que anuncia sua posição na engrenagem da empresa. Elas querem que você administre e mostre que está no comando. Não se trata de impor a chefia, mas sim de liderar: o capitão deve ser o último tripulante a abandonar o navio.

Você deve reconhecer quais são as suas responsabilidades e executá-las. Deve saber delegar as tarefas e contar com seus funcionários para realizá-las. Mas saiba que você é o responsável por tudo que acontece no seu setor, apenas você. Se você conduzir mal sua equipe, não adianta apontar culpados, a responsabilidade será sua! Portanto, assuma com precisão a função de liderar a equipe.

Tenha canais de comunicação

Parte de um bom clima organizacional é garantida por uma comunicação clara, aberta e que aconteça de modo objetivo tanto da gestão para a equipe quanto na via inversa. É a comunicação que tira dúvidas, esclarece pontos que ficaram obscuros e que também permite a resolução de conflitos.

Sendo assim, é importante pensar em duas situações: a primeira é quando as informações são trocadas facilmente e a segunda quando há garantia de que a equipe possa falar com a liderança em momentos de necessidade.

Estimule o trabalho em equipe

Um ambiente colaborativo é mais produtivo e também gera uma equipe mais forte. Por isso, é importante estimular o trabalho em equipe. Para tanto, a liderança precisa agir de maneira inspiradora e motivadora, criando a necessidade de interação.

O ideal é que todos saibam que o trabalho em equipe tende a ser mais proveitoso tanto para quem o faz quanto para a empresa em si. Com um bom clima organizacional e o estímulo da gestão, ele ajuda a construir um sistema proativo que resulta em muito mais rendimento e melhores resultados no trabalho.

Construa relacionamentos

Essa dica é fundamental praticamente para qualquer tipo de situação envolvendo pessoas. Construir relacionamentos é um fator crítico para o gestor. Se você está à frente de uma equipe, saber se relacionar é um pré-requisito. Quando a empresa precisa que as pessoas realizem tarefas extras ou aumentem sua produtividade, os funcionários só irão realmente ajudar se o gestor tiver um bom relacionamento com sua equipe, a partir de um sentimento de pertencimento previamente conquistado, que inspire a realização de uma missão conjunta, em prol de uma causa coletiva, pela empresa e pelo time.

Demonstre interesse pelas pessoas. Você pode fazer perguntas que mostram interesse por elas enquanto pessoas, e não apenas enquanto colegas. Pergunte sobre coisas que são importantes na vida delas. E o mais importante: escute com atenção o que elas têm a dizer, caso contrário você passará uma imagem muito superficial, motivada por segundos interesses (isso seria um verdadeiro tiro no pé). E, sempre, trate as pessoas como seres humanos, sem discriminações, demostrando confiança e respeito por elas.

Dê feedback continuamente

Com feedbacks contínuos os colaboradores conseguem ter mais foco e direção sobre qual caminho devem seguir e como devem fazê-lo. Sendo assim, é importante garantir que esse tipo de orientação seja dado de maneira contínua, especialmente para equipes com profissionais mais jovens.

Isso gera motivação e colabora para o alcance de resultados.

Invista na capacitação

Uma equipe mais preparada e capacitada produz melhor e também têm ganhos em motivação. Os erros são menores, a busca por crescimento é contínua e quem sai ganhando é a empresa. Uma gestão de pessoas campeãs, portanto, reconhece e aplica a necessidade de realizar treinamentos, cursos e outras formas de capacitação, criando uma força de trabalho mais engajada.

Celebrar

Seu time abraçou as metas estabelecidas, conseguiu cumpri-las e recebeu a justa remuneração pelo trabalho executado. Agora, é o momento de celebrar! É um erro bastante comum diminuir a importância dessa etapa ou mesmo ignorá-la. Esse é um dos motivos que pode levar uma equipe a ficar menos interessada em se envolver com as atividades propostas ou necessárias para o crescimento da empresa.

Celebrar é, antes de tudo, demonstrar reconhecimento a cada colaborador. Assim,  ele tem o sentimento de “dever cumprido” e sente-se mais empenhado em realizar uma nova tarefa, sabendo que a gestão está atenta a seu bom desempenho.

Mas não se trata apenas de gestos grandiosos para tarefas complexas: a valorização acontece na celebração das pequenas vitórias, motivando de maneira constante, e sempre lembrando de agradecer e parabenizar ao final de um bom trabalho executado.

Além do efeito motivador, celebrar é também uma maneira de marcar aquela vitória. Caso contrário, as conquistas se tornam efêmeras, perdem a importância e o colaborador pode até se sentir menos capaz de fazer um bom trabalho, já que não se dá conta de seu potencial e do que já cumpriu até aquele momento.

Enquanto uma remuneração financeira vai para o bolso, as celebrações vão direto para o coração. Lembre-se de valorizá-las!

Celso Campello Neto

Professor universitário e CEO da
Benefício Certo

Lorem ipsum dr?

Vamos tomar um café e conversar mais, que tal?

LEIA TAMbém

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no skype
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email