Pós-Covid: Como evitar riscos de contágio no retorno ao ambiente de trabalho?

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Facebook
Share on skype
Skype
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email

Com a flexibilização do isolamento social, a volta dos profissionais às organizações não se dará de forma única. Cada companhia terá que avaliar antes, como garantir um retorno seguro. Diante deste novo cenário, e com o objetivo de seguir preservando a saúde, o emprego e a continuidade do negócio, a definição de um protocolo de retorno ao local de trabalho é tão relevante quanto às medidas implementadas em resposta à crise de saúde. 

Confira quais são as medidas necessárias para preparar a empresa e as equipes para voltarem ao trabalho presencial. 

Mapeamento dos grupos de risco: o público mais vulnerável ao vírus deve ser identificado e ter seu retorno adiado, ou realizado com os devidos cuidados, como o monitoramento diário da temperatura (que não deve exceder 37,3º e precisa ser medida duas vezes ao dia).

Estabelecer protocolos de prevenção de riscos ocupacionais e de saúde que propiciem ambientes seguros e limpos: isto inclui todas as medidas de preparação no local de trabalho: higiene, materiais de proteção para pessoas e instalações, regulação de espaços comuns, ventilação, desinfecção, fluxo de pessoas, restrições de contato, reuniões, visitas, clientes, detecção e assistência médica/psicológica, serviços de alimentação e transporte, entre outros. 

Realize um treinamento online antes do retorno: convoque uma reunião coletiva para informar quais serão os procedimentos de cuidado que a empresa irá aplicar e como os profissionais devem se comportar no novo formato de trabalho. 

Essas condições afetam o desempenho dos talentos e se não forem devidamente cuidadas, podem atingir níveis ainda mais nocivos – gerando a necessidade de afastamentos do trabalho por licenças médicas. 

Acione a equipe de Recursos Humanos para criar e gerir grupos de apoio emocional aos colaboradores. 

Qual o papel do RH? 

Visto tamanhas mudanças e novas regras, o profissional de RH, mais uma vez, se torna fundamental para zelar e orientar os profissionais da empresa. Dentre seus papéis, neste momento, estão: 

Cuidar: fornecendo equipamentos de proteção, orientando para a prevenção e cuidados com todos, e educando para novos hábitos e comportamentos, garantindo a proteção; 

Comunicar: por meio de cartazes ou jornal interno, e-mail, mensagem no celular, e verbalmente com cada equipe (mantendo o distanciamento necessário e sem aglomerações); 

Treinar: uso de EPIs, utilização de álcool em gel, higiene das mãos, uso consciente de máscara, protocolos de segurança na organização, etc. 

Uma coisa é certa, não somos mais os mesmos e o novo normal exigirá atenção redobrada aos gestores e colaboradores.

 Gostou do nosso artigo? Continue acompanhando nosso blog para ler mais sobre assuntos relacionados ao mercado de trabalho, RH e muito mais!

Lorem ipsum dr?

Vamos tomar um café e conversar mais, que tal?

LEIA TAMbém

Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on facebook
Share on skype
Share on twitter
Share on email