Quais são as 7 principais tendências para o pós covid?

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no skype
Skype
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no email
Email

A COVID-19 surpreendeu o mundo. O confinamento que se seguiu durou um certo tempo, fazendo com que empresas e profissionais perdessem o rumo, e houve pouco tempo para implementar as mudanças que manteriam o mundo trabalhando após a pandemia. No caos, a solução apareceu mais rápido do que o esperado, o que mostra sua capacidade de superar e se adaptar a mudanças aparentemente latentes, e o mundo se recusa a acompanhar o ritmo da transformação digital.

Saber o que será perene, dentro desse “novo normal” que se estabeleceu, é muito importante para que os profissionais de RH compreendam os caminhos a serem trilhados nos próximos anos e possam se destacar em suas carreiras.

1. Transformação digital

A pandemia claramente acelerou a transformação digital de empresas globais. De acordo com Omdia, o tráfego global da Internet aumentou 70% em áreas onde as políticas de contenção são mais eficazes. As ferramentas digitais tornaram-se um importante ativo da organização para garantir a colaboração, a singularidade, a segurança e a eficiência da equipe de trabalho. Estamos no auge dessa transformação e precisamos nos adaptar a cada dia a novas ferramentas que parecem melhorar nossos processos. Embora os laços entre os seres humanos sejam cada vez mais estreitos e relevantes, a digitalização é o trabalho do futuro.

2. Trabalho remoto

Em muitos casos, a fim de não interromper completamente as atividades da empresa, o home office deve ser estabelecido. Embora esta seja uma tendência crescente para freelancers e profissionais liberais, muitas empresas não se adaptariam tão cedo, se não fosse a COVID-19. Hoje, as organizações estão se preparando para melhorar seu ambiente digital para torná-lo cada vez mais seguro e natural. A tendência é que apenas algumas operações retornem ao modo face a face após a restrição. Isso ocorre porque os profissionais perceberam os benefícios do trabalho remoto. Embora o corpo afaste as pessoas, pode melhorar o tempo e a produtividade. Quando tudo isso acabar, uma grande parte da equipe espera poder alternar entre presencial e online.

Portanto, podemos esperar um modelo de trabalho misto, que também se reflete na educação. Profissionais e alunos podem escolher usar ferramentas de comunicação avançadas para participação remota ou ir para seu próprio escritório ou universidade.

3. Conectividade

Essa pandemia fez com que empresas e profissionais percebessem que muitos problemas podem ser resolvidos sem precisar enfrentar o trânsito pesados das capitais. Mesmo em distâncias maiores, como membros da equipe em diferentes países e regiões, a conectividade é a solução mais eficaz para atender a muitas necessidades de trabalho. Portanto, aplicativos digitais dedicados a conectar pessoas e criar um ambiente amigável para reuniões, cursos e encontros virtuais receberão cada vez mais investimentos para tornar a experiência online mais simples e intuitiva.

4. Intensificação das compras online e delivery

De acordo com uma pesquisa da NZN Intelligence, 71% das pessoas aumentaram suas compras online após o início da pandemia. Essa realidade afeta todos os departamentos. Muitas pessoas estão limitadas a pedir delivery agora, ou então comprar seus móveis, roupas, comida e remédios pela Internet. Portanto, as empresas de entregas estão aprimorando seus serviços para atender cada vez mais departamentos e com mais rapidez. O setor de logística está se reinventando, buscando parcerias para aproximar produtos e serviços do consumidor final. 

5. Revisão de valores e comportamentos

O que é realmente importante para nós, seres humanos? Muitas pessoas estão repensando seus estilos de vida, crenças e razões pelas quais vale a pena lutar. A escassez de recursos devido à crise da saúde levou a reflexões mais profundas e a mudanças aceleradas nos hábitos de consumo ocorridas ao longo do tempo. “Menos é mais” deixou de ser uma tendência, e sim uma nova realidade. Há também uma tendência de desacelerar a vida para valorizar as necessidades, de modo que os danos se tornem comuns e desnecessários em face das crises globais. A sustentabilidade também é mais importante do que nunca. Desde o início da pandemia, a competição para implementar hortas caseiras e encontrar produtos que sejam ambientalmente corretos aumentou muito desde o início da pandemia.

6. Solidariedade

Crises e dificuldades têm a capacidade de destacar o lado humano. Temos visto muitos jovens fazerem compras para evitar ter que sair para cuidar de seus vizinhos idosos, e muitos trabalhando juntos para fornecer comida e roupas para pessoas que perderam sua renda devido ao coronavírus. Nas redes sociais, tem havido um aumento na divulgação de vagas e informações pessoais para a busca de alternativas de cargos. Por estarmos todos no mesmo barco, a empatia virou a palavra de ordem.

7. Lifelong Learning

A pandemia enfatizou a necessidade de aprendizado e desenvolvimento contínuos mais do que nunca. Capacidade de aprendizagem, capacidade de remodelação e adaptabilidade estão intimamente relacionadas ao nível de graduação. O desenvolvimento das soft skills mais necessárias no mercado: resiliência, empatia, liderança, ética e colaboração, são a procura de quem pretende sobreviver e sobressair num mercado de trabalho mais humano e solidário. Para não perder a pegada deste novo mundo, existem muitas opções gratuitas disponíveis. A plataforma Moocs oferece uma riqueza de conhecimentos e oportunidades para o desenvolvimento de habilidades técnicas e comportamentais. 

Muitas universidades e empresas dedicadas ao desenvolvimento humano também oferecem seus cursos para auxiliar os futuros profissionais na obtenção de qualificações. Um excelente blog de recursos humanos é a escolha ideal para você ficar por dentro das tendências, se tornar um profissional e expandir a competitividade da sua empresa neste novo mundo.

O importante para as organizações é se manterem no caminho do upskilling (aprimoramento) e reskilling (requalificação), para manter seus colaboradores na trilha do desenvolvimento, sempre engajados e produtivos, seja de casa ou no escritório. 

O mundo pós pandemia está cheio de desafios, cheio de novos processos e novos padrões aos quais devemos nos adaptar a cada dia, mas para uma sociedade mais nobre e pacífica, é a virtude básica da humanidade, mais tolerância e cooperação.

Gostou do nosso artigo? Continue acompanhando nosso blog para ler mais sobre assuntos relacionados ao mercado de trabalho, RH, e muito mais! 

Lorem ipsum dr?

Vamos tomar um café e conversar mais, que tal?

LEIA TAMbém

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no skype
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email