Quatro fatores de linguagem corporal no networking

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no skype
Skype
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no email
Email

Você pode, sem saber, estar minando os esforços dedicados à sua rede de networking através da sua linguagem corporal. As informações que o corpo emite podem ser muito poderosas quando o assunto é conexão e construção de relacionamentos com outras pessoas. Nos primeiros sete segundos, o primeiro fator que tende a ser verificado por quem acaba de conhecê-lo é o contato visual e a qualidade dessa conexão pode ser crucial para o bom desenvolvimento do networking.

É, portanto, muito importante compreender os quatro fatores chave da linguagem corporal para ajudá-lo a se apresentar da melhor maneira possível quando estiver fazendo seus contatos.

1. Contato visual.

Você manteve um bom contato visual durante a conversa? Alguns dos maiores e mais bem-sucedidos líderes empresariais do mundo impressionam as pessoas pela conexão visual. Seus olhos devem evitar qualquer desvio do interlocutor, fazendo-o sentir-se a pessoa mais importante no ambiente. Com um pouco de prática, qualquer um pode fazer isso.

2. Movimento dos braços.

Todos nós falamos com as nossas mãos, e uma boa comunicação tende a corresponder os gestos à sua mensagem emitida. No entanto, pessoas com redes fracas costumam produzir ruídos corporais, gestos de distração e informação desconexa com as mãos e braços, gerando instabilidade no diálogo. É importante dar atenção a esse fator ao entrar em contato com sua rede de networking. Se você está conversando com alguém e cruza os braços, por exemplo, dá a impressão de que está entediado e não tem interesse na conversa. Portanto, para causar uma boa impressão, o braço deve ser colocado atrás das costas para mostrar que você está interessado e atento.

3. A sua postura.

Você está se apoiando em algo como se estivesse entediado ou cansado? Tente manter uma postura receptiva e aberta, em vez de impedir que as pessoas falem com você. Ficar de pé com as pernas alinhadas aos ombros é um sinal de determinação. No entanto, mover seu peso de um pé para o outro ou balançar para frente indica que você está se sentindo ansioso ou inseguro. Afinal, todos nós tendemos a preferir pessoas que nos inspira segurança e não nos fiarmos em pessoas que nos inspiram hesitação.

4. Expressão facial.

Seu sucesso no networking depende de como você se sai no primeiro encontro. Você deseja que as pessoas o vejam como atento, interessado, bem informado e confiável? Cada expressão facial que você faz conta uma história. Você está sorrindo e mostrando interesse no diálogo? Bocejar quando alguém fala com você é uma maneira certa de garantir que essa pessoa desista da conversa.

Lembre-se das duas etapas para garantir que você está causando uma boa impressão:

  • Olhe-se no espelho antes de sair de casa e pergunte-se: “Que mensagem eu deixo para as pessoas que me encontrarem pela primeira vez?”.
  • Procure uma avaliação para aprender mais sobre sua linguagem corporal. Que mensagem você passa mesmo sem falar uma palavra? Leve um amigo confiável para um encontro de networking e peça para ele te dar um feedback honesto e direto sobre a sua linguagem corporal. Forneça-lhe um pequeno checklist dos quatro principais fatores citados acima e esteja preparado para as considerações honestas.

Bom Networking!

Celso Campello Neto

Professor universitário e CEO da
Benefício Certo

Lorem ipsum dr?

Vamos tomar um café e conversar mais, que tal?

LEIA TAMbém

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no skype
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email