Recrutamento interno: por que aplicar esse processo na empresa?

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no skype
Skype
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no email
Email

Um plano de carreira bem estabelecido visa dar oportunidades ao colaborador para que ele possa crescer dentro da empresa, por isso o recrutamento interno é uma ação importante a ser praticada nas organizações.

Veja bem, o recrutamento interno não é uma maneira de promover funcionários, mas, sim, uma oportunidade para que eles migrem de funções para outras áreas. É muito comum que o RH olhe para os profissionais disponíveis no mercado para a ocupação de vagas abertas, no entanto, existem diversas vantagens para promover essa mobilidade dentro da empresa para com os colaboradores.

Desse modo, podemos citar como benefícios para empresa alguns aspectos, como:

Motiva os colaboradores

Ao investir em um recrutamento interno, além de valorizar o capital humano, a empresa também promove uma competição saudável entre os profissionais e gera engajamento. Os funcionários começam a buscar formas de qualificação para corresponder a vaga em questão.

Isto é, são motivados a experienciar o processo, não apenas pelas oportunidades que se apresentam, mas porque a empresa demonstra apreço ao trabalho realizado por seus profissionais.

Retém os talentos

Com essa estratégia a retenção de talentos é ampliada. Os colaboradores passam a entender que suas habilidades podem ser mais aproveitadas dentro da empresa ao invés de buscar por uma nova oportunidade no mercado de trabalho.

Ou seja, o recrutamento interno incentiva a permanência do colaborador na companhia, especialmente pelo suporte oferecido a ele nessa mudança de carreira, uma vez que, o processo o levará para outro setor e cargo.  

Mais economia com o recrutamento

Processos seletivos custam um bom investimento por parte da empresa, especialmente, se ela contar com uma consultoria e/ou assessoria na contratação de profissionais. E, ao optar pelo recrutamento interno, algumas etapas são, automaticamente, eliminadas, pois a empresa não precisa se dedicar a, por exemplo, divulgação de vagas ou análises de currículos de forma expressiva.

Promove o autoconhecimento nos profissionais

Fazer essa mudança na carreira requer planejamento por parte dos colaboradores. Para remanejar sua carreira o profissional deve fazer uma análise profunda buscando entendimento sobre o porquê dessa transição. Do que está disposto a abrir mão, uma vez que sua estabilidade profissional ficará em segundo plano, considerando seu deslocamento para um outro campo ou função.

Quando a própria empresa promove o recrutamento interno, não significa que esses profissionais estão na zona de conforto, muito pelo contrário, para eles é a chance de aproveitar a oportunidade e botar em prática as habilidades que possuem a favor do processo.

Por isso é muito importante que a empresa tenha um time de RH preparado para lidar com esse colaborador e oferecer todo o suporte e orientação necessários para realizar essa transição.  

Gostou do nosso texto? Continue acompanhando o blog da Benefício Certo para ler mais sobre processos de gestão de pessoas e dicas de RH!

Celso Campello Neto

Professor universitário e CEO da
Benefício Certo

Lorem ipsum dr?

Vamos tomar um café e conversar mais, que tal?

LEIA TAMbém

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no skype
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email